Há anos vimos alertando nossos clientes e leitores sobre uma provável queda abrupta nos mercados.

Os programas de QE e juros zero não iriam “salvar” os mercados e fazerem as economias voltarem a crescer. O que faz uma economia crescer não é a impressão desenfreada de dinheiro e mais crédito a quem não consegue pagar. Muito pelo contrário: uma economia cresce graças à poupança e investimentos, tendo como pilar uma moeda forte e juros que refletem o real risco do empreendimento.

O que esses programas dos Bancos Centrais (BCs) fazem é aumentar a especulação e depreciar as moedas. Um jogo onde os amigos do rei – aqueles que têm acesso ao crédito – ganham e todos os outros pagam a conta.

Muitos ouviram nossos alertas e se posicionaram, vendendo ativos de risco, aumentando a parcela em renda fixa e alocando parte do portfolio em metais preciosos (ouro e prata físicos).

Nossas carteiras no exterior estão subindo mais de 10% esse ano, com destaques para as posições compradas em ouro e prata e mineradoras de metais preciosos. Além disso, nossas posições short (vendidas a descoberto) estão tão boas quanto as posições compradas, destaques para o Deutsche Bank, Netflix, Amazon, Tesla e Under Armour. Também estamos shorteando vários bancos na Europa e no Texas, onde os primeiros sofrerão com a proximidade ao Deutsche Bank e os últimos serão atingidos pelo declínio do preço do petróleo (e consequente deterioração das empresas de óleo e gás locais).

Os Bancos Centrais estão semanalmente (e quase diariamente) aparecendo com declarações que deveriam elevar os preços dos ativos de risco, mas pela primeira vez em muito tempo, não estão surtindo efeito. Isso é quase inédito!!

O FED mostrou que a economia dos EUA estava forte e aguentaria 4 aumentos na taxa de juros esse ano (apesar de dizermos que isso seria impossível); Mario Draghi, presidente do Banco Central Europeu, disse que faria “todo o possível”; o Banco do Japão apareceu com taxas de juros negativas e o Banco da Inglaterra viria com um programa de alívio. Nada disso funcionou e os mercados continuam desabando!!

Muitas pessoas nos criticaram e disseram que um aumento na taxa de juros era bullish para as ações e bearish para o ouro e bonds. O que vimos foi exatamente o contrário: o ouro já sobe mais de 13% desde o aumento da taxa de juros, enquanto as ações desmoronam! A verdade é que o rei está nu e pouco a pouco as pessoas aceitam ver a realidade como ela é. E ela não é bonita!

Acreditamos que estamos no começo de um longo rally nos preços dos metais preciosos e os que se posicionarem agora, comprando ouro e prata físicos, terão um grande benefício.

 

Comentários

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios
Pesquisar
Publicações Recentes
Sem categoria

Energia Limpa, sim senhor!

Essa semana fomos surpreendidos por temperaturas muito abaixo do normal até mesmo para essa época do ano em várias regiões dos EUA, com destaque para

Continuar lendo

Contato

Brasil
Vila da Serra, Nova Lima - MG
CEP: 34.006-059

Dev by

É recomendada ao investidor a leitura cuidadosa do prospecto e do regulamento ao aplicar os seus recursos. A L2 Capital Partners não comercializa cotas de fundos e/ou clubes de investimento ou qualquer ativo financeiro. Conheça nossa Política de Voto.