Apertem os cintos, a descida vai ser longa…

O famoso investidor Joseph Kennedy fez sua fortuna na primeira metade do século XX. Ele comprou um banco em dificuldades com dinheiro emprestado e se tornou presidente desse mesmo banco aos 25 anos de idade.

Seus investimentos em commodities eram conhecidos pela agressividade e ele escapou ileso da queda de 1929, quando as ações no mundo inteiro despencaram. Reza a lenda que ele foi polir seus sapatos e o engraxate começou a lhe dar conselhos de investimentos. Como na época somente os figurões investiam em ações, Kennedy achou aquela opinião um pouco suspeita e resolveu vender todas as suas ações.

Na semana seguinte, ocorreu a tão conhecida Black Thursday (quinta-feira negra).

Olhando para trás, vemos hoje que a crise de 1929 era óbvia. Os preços dos ativos estavam indicando um crescimento absurdo, incompatível com qualquer negócio sólido de longo-prazo.

Hoje, a situação não é muito diferente… Não nos surpreenderíamos se, em alguns anos, investidores olhassem para trás e dissessem que a bolha iniciada por Bernanke em 2009 chegou ao seu ápice em 2015.

Não nos faltam exemplos de irracionalidade, mas alguns chamam a atenção mais que outros. Trilhões de dólares em bonds receberam downgrades esse ano, a média dos preços das residências nos EUA (especialmente em áreas nobres, como Manhattan e Califórnia) subiu assustadoramente, juros zero – e, pior, negativos – pela Europa toda, bolha em todos os setores da China, QE sem limites no Japão, etc.

Uma “campeã nacional”, a Ambev (AB Inbev), acaba de anunciar a compra da SAB Miller e  o levantamento de mais de US$70 bilhões em dívidas a um custo de 1,1% acima da LIBOR – inacreditável, não é mesmo? US$70 bilhões são praticamente o PIB de Cuba!!!

Quando essa bolha estourar, teremos saudades de 2008… Muita gente estará em apuros, e não será sido por falta de aviso.

Há alguns anos, muita gente aqui no Brasil era tida como gênio do mercado imobiliário e estava ganhando toneladas de dinheiro investindo em propriedades… No entanto, é justamente quando todos estão do mesmo lado do barco que ele vira. Hoje, já vimos os preços das propriedades abaixar e, ainda assim, o volume de negócios não tem aumentado…

A bolha dos bonds no mundo atual é assustadora! O conceito de NIRP (Negative Interest Rate Policy, ou Política de Taxa de Juros Negativa) era inconcebível há alguns anos. Nenhum economista iria prever isso. Como se pode emprestar dinheiro para uma pessoa e ter certeza de que se receberá menos??? Não faz sentido algum…

As pessoas estão ignorando os riscos tentando extrair um pequeno retorno de ativos muito arriscados.

Continuamos reforçando nossa tese de investimentos em renda fixa em instituições de primeira linha e uma pequena exposição física aos metais preciosos.

Comentários

    Uffe
    14 de December de 2015

    Excelente e lúcido, como de costume.
    Obrigado por partilhar!

    0
    0

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios
Pesquisar
Publicações Recentes

Contato

Brasil
Vila da Serra, Nova Lima - MG
CEP: 34.006-059

Dev by

É recomendada ao investidor a leitura cuidadosa do prospecto e do regulamento ao aplicar os seus recursos. A L2 Capital Partners não comercializa cotas de fundos e/ou clubes de investimento ou qualquer ativo financeiro. Conheça nossa Política de Voto.