China corta a taxa de juros

Em uma decisão surpreendente, o Banco Central Chinês anunciou hoje o corte na taxa de juros em 0.25 p.p. e o corte no compulsório em 0.50 p.p.

A notícia pegou o mercado de surpresa e as Bolsas do mundo inteiro respondem a mais estímulos monetários.

O ouro dispara lá fora!

Mas a pergunta que fica é a seguinte: por que a China, que há poucos dias anunciou um crescimento de 6.9%, acima das expectativas, precisa cortar a taxa de juros? Será mesmo que o gigante asiático está crescendo nesse ritmo?

Nós duvidamos! Como já dissemos antes, não acreditamos em crescimento pujante de 7% para a economia chinesa. No máximo 3% – e olhe lá!! E à custa de muita dívida, o que sabemos não ter um final feliz. E as coisas não devem estar nada boas lá no momento, senão, por que abaixar a taxa de juros?

Apesar da alegria nas Bolsas mundiais, com o Mario Draghi prometendo ainda mais QE na Europa ontem e a China abaixando a taxa de juros (agora ficam faltando somente Japão e Austrália para turbinar ainda mais a festa), recomendamos cautela aos nossos investidores.

Comentários

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios
Pesquisar
Publicações Recentes

Dev by

É recomendada ao investidor a leitura cuidadosa do prospecto e do regulamento ao aplicar os seus recursos. A L2 Capital Partners não comercializa cotas de fundos e/ou clubes de investimento ou qualquer ativo financeiro. Conheça nossa Política de Voto.